0173UTILIZADORES ONLINE

Corrida do Parque à Noite 2014

Algumas notícias na imprensa internacional referiram que o último mês de Agosto deste Verão que agora termina foi o mais quente vivido no mundo, em termos médios, desde 1880, mas ao que parece aqui em Portugal não se deu por isso. Nesta lógica, e após semanas no início de Setembro de tempo muito instável, a preocupação de que as condições climatéricas pudessem prejudicar a segunda edição da Corrida do Parque à Noite, realizada este sábado, 20 de Setembro, acabaria por não se justificar, e a Invicta foi brindada por aquela que se pode considerar como a melhor noite de Verão no Porto em 2014. Uma autêntica prenda dada à organização, que ajudou a manter a mobilização de 4 milhares de pessoas em torno de um evento espectacular, em que para além da vertente desportiva propriamente dita as atracções funcionaram em pleno, e em especial no que respeita a temática referente ao Pirata das Caraíbas.

Apesar do bom tempo verificado a organização manteve o que já tinha previamente planeado quanto ao percurso de cerca de 8 km - evitar as zonas relvadas do Parque da Cidade, ainda enlameadas por dias de chuva copiosa, e fazer a corrida apenas pelos arruamentos daquela emblemática estrutura da cidade do Porto.

Neste percurso, os vencedores de 2013 na primeira edição do certame, tentavam chegar a um novo triunfo; mas desta vez tanto Artur Rodrigues como Inês Sapage não puderam repetir o sucesso de então. Porém, outra curiosidade fica da nocturna de sábado - tanto ele como ela acabaram de novo na mesma posição, só que neste caso foi no quarto lugar!

image_1image_2image_3image_4image_5image_6image_7image_8image_9image_10image_11image_12image_13image_14image_15image_16image_17image_18image_19image_20image_21image_22image_23image_24image_25image_26image_27image_28image_29image_30image_31image_32image_33image_34image_35

A verdade é que foi numa noite sem vento e até relativamente quente, que os 4.000 participantes, percorreram o fantástico Parque da Cidade do Porto à noite, hipótese rara e proporcionada por este evento, com todas as condições de segurança fundamentais.

Os mais rápidos, os atletas de elite, naturalmente procuraram fazer o percurso sem que as estranhas criaturas dos mares, que lhes foram surgindo, com Daniel Pinheiro a atingir o primeiro lugar do pódio na vertente masculina e Anália Rosa na vertente feminina.

image_1image_2image_3image_4image_5image_6image_7image_8image_9image_10image_11image_12image_13image_14image_15image_16image_17image_18image_19image_20image_21image_22image_23image_24image_25image_26image_27image_28image_29image_30image_31image_32image_33image_34image_35

No lado masculino Daniel Pinheiro (Maia AC) foi o vencedor, terminando com 21m39s e cinco segundos de vantagem sobre Paulo Gomes (Benaventense), enquanto Luís Mendes, do Senhora do Desterro, fechava o pódio logo a seguir, com 21m45s, numa corrida muito equilibrada.

No lado feminino a veterana Anália Rosa, a correr como individual, impôs-se com 24m56s, e com uma diferença para a segunda, Marta Martins (Senhora do Desterro - 25m00s), quase igual à que prevaleceu no lado masculino. Sara Isabel Carvalho (Adercus) encerrou a questão do pódio, com 25m25s.
Dos quartos lugares de Artur Rodrigues e Inês Sapage há a fazer ressaltar, porém, uma diferença substancial. Ele ficou a 29segundos do terceiro lugar e ela, por seu lado, acabou quase a 4 minutos de Sara Carvalho.

Muitas figuras públicas não quiseram deixar de dar o seu contributo para o evento, sendo de realçar, entre outras, as presenças de Oceana Basílio, Andreia Rodrigues, Rita Ferro Rodrigues, Cláudia Jacques e, como sempre, Aurora Cunha, a antiga campeã mundial de estrada, e grande especilista em todas as distâncias clássicas em pista e na maratona.

Corrida do Parque à Noite
Corrida do Parque à Noite
close