0135UTILIZADORES ONLINE

Notícias

Meia Maratona de Famalicão prepara-se para voltar à estrada

22.11.2021

A 7ª edição da Meia Maratona de Famalicão foi hoje, dia 22 de novembro, apresentada na Casa do Território no Parque da Devesa.

Para dar início às intervenções, o Vereador do Desporto Pedro Oliveira deu as boas vindas a todos, afirmando com alegria que “um ano depois, conseguimos retomar esta excelente iniciativa”.

Para apresentar todos os detalhes da prova, Tiago Teixeira da Runporto, começou por destacar algumas das normas que a Meia Maratona de Famalicão irá cumprir para que o evento seja seguro para todos.

Serão cumpridas todas as normas de segurança recomendadas pelas autoridades de saúde

A prioridade é garantir a segurança de todos os envolvidos com medidas exequíveis e que permitam a realização do evento com sucesso. Os participantes terão, por exemplo, de apresentar no ato de levantamento do kit de participante o Certificado Digital Covid-19, válido na data do evento, ou um teste PCR nas 72h anteriores ou teste antigénio nas 48h anteriores à data e hora do evento.

A Meia Maratona de Famalicão tem sido um ponto de reunião de muitos talentos do mundo do atletismo, tendo assim um quadro de honra de vencedores. Rui Pinto foi o grande primeiro vencedor, completando os 21 km em 2014 com o tempo 01:05:15, recorde da prova até hoje. No setor feminino, foi a etíope Marta Tigabea Mekonen que cortou a linha de meta em primeiro lugar com o tempo 01:13:34, sendo também este o recorde da prova.

image_1image_2image_3image_4image_5image_6image_7image_8image_9image_10image_11image_12image_13image_14

Em 2019, a Meia Maratona de Famalicão teve como vencedor José Moreira que cortou a linha de meta aos 01:06:39. No setor feminino foi Marisa Barros que ficou na primeira posição com o tempo de 01:16:28.

Um dos objetivos da Meia Maratona de Famalicão é internacionalizar a prova. Este ano, mesmo em condições excecionais, o evento conta com a participação de atletas de 9 nacionalidades, Portugal, Espanha, França, Alemanha, Itália, Reino Unido, Brasil, África do Sul e Angola.

O percurso das provas passa pelo centro histórico da cidade, mas também pela periferia, numa mistura de ambiente urbano e rural, sendo desta forma muito interessante para os participantes.

“Que Famalicão festeje mais uma manhã de Meia Maratona”, Jorge Teixeira

Para Jorge Teixeira, diretor geral da Runporto, esta Meia Maratona é um sinal de confiança da autarquia na organização. A entrega das ruas de Famalicão para a realização desta atividade que contempla uma corrida de 21 km e uma mini maratona com 6 km, aberta a toda a família.

“A Runporto está preocupada com as condições de segurança, apresentando medidas de contenção da pandemia”, Mário Passos

Para o Presidente do concelho, este é um evento que envolve toda a comunidade e na qual “Famalicão vai estar em segurança”.

Continuar a promover o desporto no concelho é a missão da autarquia e, para o seu presidente, “só vamos para quando todos os habitantes de Famalicão praticarem desporto”.

Promover a qualidade de vida através do desporto é um dos objetivos da edilidade e a longevidade desta iniciativa ajuda no cumprimento desta aposta da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.

“Temos um verdadeiro pacote desportivo e turístico para este fim-de-semana da Meia Maratona”, Mário Passos

A Meia Maratona de Famalicão é já uma referência na região norte do país e pretende ser também um evento que turismo para o concelho, dinamizando a economia local, nomeadamente a restauração.

A edição deste ano vai para a estrada já no próximo dia 28 de novembro e tem partida marcada para as 10h na Av. Brasil e chegada no Parque de Estacionamento junto ao Citeve. É uma prova composta por duas distâncias, a Meia Maratona com 21 km e a Mini Maratona com 6 km.

close